Por Linhas Tortas

O mundo sob os olhos de uma pessoa comum

Consciência ambiental

leave a comment »

Sabe eu sempre fui uma pessoa esperançosa, quando me falam que a gente não tinha solução, que a raça humana vai para o buraco logo logo, eu sempre fui aquele cara que fala “deixa de exagero, uma hora a gente vai se tocar da confusão que está o mundo e vamos tomar atitudes”, bom muita gente já viu a confusão e todo dia vemos notícias dos piores tipo.

O polo norte tá descogelando, a temperatura aumentando, os animais morrendo, as florestas sendo desmatadas, o clima está enlouquecendo e o meio-ambiente nunca esteve tão em alta em termos de notícias, protestos e estudos.

Então os otimistas como eu pensam “acho que já é hora de cada um tomar alguma atitude”, então o que vemos? Um bar todo de gelo estreando aqui, pessoas jogando lixo na rua ali, cada dia mais carros na ruas e pessoas que não enxergam um palmo a frente do seu nariz achando que tá tudo bem.

Realmente é difícil entender como as pessoas ainda não percebem que estamos a beira de uma crise ambiental (alguns afirmam que a crise já está ocorrendo e eu não discordo deles) e que é preciso ações individuais e coletivas para a coisa mudar. Não há muito tempo escrevi como é admirável (e não estou elogiando) o fato de que quase ninguém joga lixo no lixo e cada dia a coisa só piora.

Alguns estudiosos estimam que até 2013 não haverá gelo ártico durante o verão (há controvérsias quanto a isso, mas a hipótese existe) e o que fazemos para resolver o problema do “gelo”? Um bar praticamente todo feito de gelo (aqui em São Paulo) que gasta uma imensidão de energia e ainda aluga roupas feitas de pele de animal. Realmente depois de coisas desse tipo eu entendo quem fala que nós estamos fadados ao fracasso. Esse tal bar foi feito baseado em um outro existente no Japão, com o pequeno detalhe de que o original é com gelo e neve naturais, já que o local é frio normalmente.

Claro que ocasionalmente vemos notícias sobre pesquisas no campo de energias alternativas e limpas, ações e atividades ecológicas e sempre vemos um ou outra ação consciente. Mas é preciso que todo mundo entenda que se não pararmos de atrapalhar, se não pararmos para pensar no que fazemos, então de nada adianta todos os esforços mais recentes para conter o desastre.

Vou terminar esse texto com uma frase que se encaixa perfeitamente com que falei nos parágrafos acima.
“É triste pensar que a natureza fala e que o gênero humano não a ouve.”
(Victor Hugo, escritor e poeta francês)

Written by Silvano

21/06/2008 às 8:37 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: