Por Linhas Tortas

O mundo sob os olhos de uma pessoa comum

Corpo frio

with 2 comments

Aproveitado o frio de São Paulo hoje resolvi fazer um post sobre o comportamento do corpo humano em baixas temperaturas.

Antes de tudo aviso que as temperaturas que vou por aqui são corporais e não do ambiente, bem como é tudo uma média, pode haver variações das reações nas temperaturas dadas dependendo da pessoa (por exemplo esquimós tem maior resistência ao frio que beduínos do deserto). E é bom lembrar também que a temperatura média do corpo humano esta entre 36,5° e 37,8° C.

Nós temos nervos sensitivos que ficam na pele e detectam baixa temperatura, como tem capacidade adaptativa a região acaba se acostumando a temperatura, a não ser que esta esteja muito baixa ou continue baixando, aí o organismo começa a reagir.

Entre 36 e 36,5°: A primeira coisa que acontece é a ereção dos pelos de todo corpo, o famoso arrepio, através da contração de uns músculos especiais. Isso cria uma nova “camada” que retém o calor.

Se a temperatura continuar baixa (entre 35° e 36°) há contração dos vasos, ou seja, eles diminuem seu diâmetro e se afastam da pele para diminuindo a perda de calor, por isso as pessoas tendem a ficar mais pálidas no frio. Ainda nessa mesma faixa de temperatura, começam a tremedeira, causado por um estímulo do hipotálamo.

Entre 34° 35°: Já é considerado hipotermia, agora o corpo já está sofrendo com o frio, a tremedeira aumenta de intensidade, a pessoa pode ter paralisia muscular, as extremidades do corpo ficam acizentadas e há risco de gangrena (a água no interior das células congela e a célula morre).

Abaixo de 34°: Os sintomas variam de pessoa para pessoa, mas em geral há sonolência, confusão, perda progressiva da tremedeira (devido ao grande gasto de energia e perda de calor), se cair muito a pessoa perde até a sensação de frio e entra em estado de coma, podendo até morrer. A temperatura mais baixa registrada em alguém que sobreviveu foi cerca de 14°,2 C.

Em termos de temperatura ambiente é difícil descrever a progressão dos sintomas, pois depende de muitos fatores (como roupas, adaptação ao frio ou calor, se há ou não vento), mas em teoria um adulto médio (1,7m e 70kg) sobrevive por mais ou menos 1h à 0° C sem roupa.

Me apossando agora de uma frase de efeito da Discovery Channel: “É assim que o corpo reage em situações extremas”.

Written by Silvano

16/06/2008 às 8:49 pm

Publicado em Medicina

Tagged with , ,

2 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Tinha que ser biomédico para dar uma explicação detalhada assim =P

    Resposta:Pois, a proposta desse blog é ser o mais completo possível em meus posts, então meu conhecimento prévio (com alguns complementos de livros e internet) vão bem a calhar! =]

    Isabel

    20/06/2008 at 1:25 pm

  2. 14,2 graus?!?!?! o.O

    mintiroso! xDD

    Guilherme

    03/02/2009 at 7:14 pm


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: